Trabalhador morrre ao ter o corpo dilacerado em silo em MT

O trabalhador rural Arí Pereira de Souza, de 43 anos, morreu nesta segunda-feira (6) após ter parte do corpo dilacerado em um silo de grãos, em Juara (a 716 km de Cuiabá). A vítima trabalhava em uma propriedade rural quando, por volta das 14h30, ocorreu o acidente.

Segundo informações da Polícia Civil, Arí estava fazendo carregamento dos grãos no silo quando acabou escorregando na soja, perdeu o equilíbrio e caiu em direção à rosca varredora. O equipamento auxilia na descarga dos silos e varre os grãos que ficam no fundo. Além de ser automática, a máquina é feita de ferro e possui diversos “garfos” como lâminas.

Ao cair no equipamento, Arí sofreu sérios ferimentos e teve parte do corpo dilacerado pelo equipamento. Sua morte foi constatada instantaneamente. A Polícia Civil foi acionada para atender a ocorrência e registrou o caso como morte acidental. O corpo de Arí foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), onde passou por exame de necropsia.

Maninho Veículos
LCI Telecom
Programa Estação Sicredi

Veja também

07121132_pix-marcel

Crimes virtuais e Pix impulsionam aumento de 179% dos estelionatos

Ciopaer - resgate

Ciopaer atua em operações com prisão de três pessoas por roubo e recuperação de veículos avaliados em R$ 300 mil

Veículo depen

Penitenciária Feminina recebe veículo adaptado para atendimento de mulheres grávidas e com deficiência

20.06 Rotam realiza 1º Workshop de APH em Combate para policiais de MT e outros estados

Rotam realiza workshop sobre atendimento pré-hospitalar em combate para policiais de MT e outros Estados

Incineração-Primavera-1-990x556

Polícia Civil incinera 800 quilos de cocaína e drogas sintéticas em Mato Grosso

62ab2b03af065

Tragédia: parede de silo desaba e mata trabalhador em Santa Carmem