Um criminoso foi preso e outro morto durante confronto com a Polícia Civil

Um criminoso foi preso e outro morto após confronto com a Polícia Civil, neste sábado (15.07), em Alto Paraguai (218 km a médio norte de Cuiabá). Ambos integram facção criminosa e são investigados por cometerem homicídios na região. O suspeito morto era considerado líder do grupo.

A ação da Delegacia de Diamantino com apoio da Gerência de Operações Especiais (GOE), foi realizada para cumprimento de mandados de prisão, e de busca e apreensão domiciliar, no bairro Fazenda Velha, em Alto Paraguai.

O suspeito preso, de 22 anos, foi autuado em flagrante por posse irregular de arma de fogo e associação criminosa. Já o segundo envolvido que estava com dois mandados de prisão temporária, João Marcelo da Silva, de 20 anos, foi morto após confronto com a polícia.

Foram apreendidas duas armas de fogo, uma espingarda na casa do jovem de 22 anos, e uma pistola na posse de João Marcelo da Silva, usada por ele no momento da abordagem policial, além de várias munições e porção de droga.

Em cumprimento ao mandado de busca e apreensão, os policiais civis foram até o primeiro endereço, onde ao chegar localizaram o suspeito de 22 anos trancado dentro do quarto. Na casa foi apreendida uma espingarda calibre 28, várias munições, além de outros materiais, razão pela qual ele foi detido em flagrante.

Na sequência os policiais civis foram até a residência de João Marcelo da Silva, para cumprimento dos mandados de prisão, expedido pela Justiça pelos crimes de homicídios contra Higor Alexandre Benites dos Santos e Ademilson Neves de Oliveira.

No trajeto foi informado que o João Marcelo da Silva, havia fugido para mata, sendo então realizada a incursão com intuito de tentar localizar o criminoso. No percurso foi encontrado rastros em uma trilha dentro do matagal, e logo avistado o suspeito, este portanto uma pistola calibre 7.65.

Mesmo diante da verbalização, o suspeito sacou a arma de fogo e apontou na direção da equipe, momento em que houve o confronto. João Marcelo da Silva acabou sendo alvejado. O Samu foi acionado e o encaminhou para o Pronto Atendimento, porém ele não resistiu e foi a óbito.

Conforme apuração da Polícia Civil, João Marcelo da Silva exercia a função de líder dentro da facção criminosa instalada na região de Alto Paraguai. O indivíduo era responsável por diversos crimes, bem como teve a prisão decretada pelos homicídios motivados por briga entre as facções.

Veja também

Sorriso: gerente de empresa é preso por suposto desvio financeiro e lavagem de dinheiro

Corpo é encontrado em plantação de milho em Lucas do Rio Verde ; PJC investiga

Boa Esperança do Norte: homem é detido com garrucha após denúncia de que teria incendiado residência

Sorriso: PJC busca prisão preventiva de suspeito de autoria do homicídio no Nova Aliança

Jovens são sequestrados e mortos por membros de facção

Força Tática do 7º Comando Regional prende mulher com 56 kg de drogas em Brasnorte