Eleições 2020

Sorriso: Cabos eleitorais registram Boletim de Ocorrência por não receberem pagamento devido

Publicado em 14/11/2020

Na manhã desse sábado(14/11), véspera das eleições, um grupo de trabalhadoras procuraram a Delegacia de Sorriso para registrar um Boletim de ocorrência por não terem recebido ultimo pagamento referente aos trabalhos de campanha para a coligação/partido PC do B, cujo o candidato a prefeito é o Sr. Junior Cesar Leite da Silva, vulgo Junior Pé no Chão.

Segundo a trabalhadora Sra. Osana Nascimento Lima que o vencimento do mês referente a outubro é hoje dia 14 de novembro e que ao procurarem o candidato em sua residência foram informados que não teriam o pagamento.  Segundo ela, o candidato alegou que não deve nada a elas e que iria processar elas e em seguida expulsou elas da sua residência.

Já a trabalhadora Aline Martins dos Anjos disse que ele alegou que iria pagar, porém não seria hoje, pois ele teria que vender um caminhão.

O candidato a vereador Jonas Sucos esteve acompanhando as trabalhadoras na delegacia e   portava uma série de cópias de cheques que foram devolvidos por falta de saldo. Jonas alegou que por conta da situação do indeferimento da candidatura não veio o fundo.

A equipe de reportagem da Sorriso FM conversou via telefone com o candidato a prefeito Junior Pé no Chão para saber sua versão a respeito do assunto e o mesmo alegou que o contrato com as trabalhadoras foi feito pelo candidato Jonas e que mesmo assim se prontificou a ajudar a pagar essas despesas colocando um caminhão a venda, mas que hoje não tem esse valor para pagar. Disse ainda que tentou um acordo com mais prazo com as trabalhadoras, mas elas não aceitaram. Sendo assim, pediu que elas procurarem seus direitos.

Enquete. Participe!

Em sua opinião, quais secretários do governo Ari Lafin devem continuar na próxima gestão?
(É possível votar em mais de um)